Wormhole Live Learning
Ejemplo de Start-up

Segundo a consultora norte-americana, e junto com empresas como MercadoLibre e Globant, se fala da Wormhole por ser inovadora dentro do mercado argentino da Internet com relação, entre outras variáveis, ao consumo

Recentemente, publicou-se um relatório realizado pela Mc Kinsey Company sobre um relevamento do mercado de Internet nos países emergentes e suas características. Entre as empresas que destaca por seu desenvolvimento e crescimento menciona a Wormhole, companhia criadora das plataformas de videoconferências e educação web mais utilizadas e premiadas da América Latina. A Wormhole Classroom e Wormhole Auditorium é uma plataforma profissional destinada a estabelecer comunicações, capacitar, realizar reuniões ou transmitir eventos sem importar as distâncias. Funciona 100% através da Internet e é possível levar a um salão de atos de uma universidade o a uma audiência corporativa a qualquer lugar do mundo sem alterar a dinâmica tradicional.

Entre os motivos fundamentais que, segundo o relatório da McKinsey, facilitaram o posicionamento da Wormhole dentro da região figuram os seguintes:

  • Que as alianças com grandes operadoras como a Telefônica lhes permite ter uma boa chegada com as pequenas e médias empresas (B2B);
  • Que las soluções 100% online, permitem à Wormhole contornar as limitações de um mercado em desenvolvimento como o argentino, em que os clientes deveriam buscar soluções de hardware se a oferta da webconference fosse "instalável";
  • O mercado de pequenas e médias empresas (SME) na Argentina oferece pouco acesso à Internet a seus funcionários: só 44% o oferece. Isto é uma limitação para serviços como o da Wormhole. No entanto, detectou-se que as pequenas e médias empresas que oferecem acesso melhoraram seus custos, vendas e processos administrativos internos.

“As pessoas estão cada vez mais familiarizadas com o uso do computador como meio de trabalho e de comunicação e também estão muito melhor predispostas a realizar transações online sem ter medo da fraude eletrônica. É claro que ainda falta muito para crescer, mas tanto na América Latina como em outros mercados emergentes, as oportunidades na Internet são ilimitadas”,

afirma Sally Buberman, Diretora de Produtos e MKT da Wormhole

Com relação às características de mercados emergentes como o argentino e com relação a postos de trabalho em tecnologia, por exemplo, aqui se cria o dobro de oportunidades de trabalho do que nos países desenvolvidos:

“Atualmente, a maior diferença que nós notamos com os países desenvolvidos são os tempos na hora de decisão de adoção de novas tecnologias. Quer dizer, nos mercados mais desenvolvidos onde o consumo de Internet é muito massivo já há alguns anos, as pessoas decidem adquirir novas tecnologias de forma muito rápida e despersonalizada. Nós ainda gostamos do contato e das inter-relações pessoais. Queremos sentir que existe uma empresa por trás que responde a qualquer problema, que diante de qualquer consulta haverá uma equipe em nosso idioma respondendo e nos prestando assistência”,

esclarece Ignacio López, Director de Tecnología de Wormhole, com relação à geração de postos de trabalho

Outros dados lançados pelo relatório da Mc Kinsey é que os usuários de Internet na Argentina – em média – são mais adultos do que no resto da região, no entanto são os que mais horas passam conectados: 27,4 horas por mês.

  • Mais de 2% del PBI da Argentina é gerado por empresas como a Wormhole e afins.
  • É o país da região com maior penetração de acesso à Internet, especialmente nas casas através do Home Office ou teletrabalho.
  • O e-commerce na Argentina e as transações online representam apenas 30%, mas têm uma tendência constante de crescimento
  • O acesso ao capital de risco para os empreendimentos/empresas tecnológicas é um dos mais baixos da região. Paradoxalmente, o número de profissionais e cientistas qualificados é um dos mais elevados

Em termos de maturidade do mercado de Internet na América Latina, quer dizer, em níveis de competitividade, compromisso e investimentos, a Argentina conta com 33% do mesmo, estando por baixo do Brasil e do Chile, mas por cima do México.

“Na América Latina, nos próximos anos, vai se notar um aumento no uso de telefones móveis, tablets e Smart TVs. O que trará junto que a videoconferência Web se desenvolva em todos estes dispositivos, já que esta ferramenta está sendo usada tanto ou mais do que o e-mail. Em breve se buscará integrá-la a todos os serviços que utilizamos diariamente”,anticipa López, da Wormhole.

“O mundo da comunicação com vídeo tem muito espaço para continuar crescendo, evoluindo e criando novos usos e serviços. Por exemplo, a telemedicina, mediante a qual profissionais podem realizar interconsultas sem sair da sua mesa”.

Com a videoconferência online se dispõe das seguintes vantagens.

  • Uso ilimitadoPodem ser realizadas quantas sessões o usuário precisar, 24 horas por dia.
  • Proximidade Compartilha áudio, vídeo, quadro virtual, chat público ou privado, documentos e uma área de trabalho como em uma reunião presencial sem sair do seu escritório.
  • PrivacidadPodem ser organizadas reuniões públicas ou privadas mediante um código de acesso.
  • Facilidade de adaptação A interface pode ser personalizada com a identidade visual de uma empresa.
  • Grande capacidade Permite o acesso de múltiplas webcams e participantes simultâneos
  • Colaboração Compartilha a tela do computador do usuário ao vivo com todos os participantes na sala de reunião.
  • Visibilidade Os usuários do Wormhole Auditorium poderão compartilhar na tela completa a imagem do vídeo do que estiver sendo transmitido
  • Simplicidad Só é necessário conexão de banda larga e um navegador web.
  • GravaçãoAs reuniões virtuais podem ser gravadas para serem revistas mais tarde.

Adicionar comentário